cursos photoshop, livros photoshop, tutoriais photoshop, tutoriais flash, tutoriais 3ds max
Tutoriais de Photoshop mais populares...
tutorial Photoshop - bola de basquetebol tutorial Photoshop - faca de churrasco tutorial Photoshop - como fazer cabelo tutorial Photoshop - marcar a ferro quente tutorial Photoshop - como fazer um escudo tutorial Photoshop - como fazer uma lata de refrigerante
8 Junho 2007 - por Magno Urbano

por Magno Urbano

Eu tenho a convicção de que todo mal praticado por uma pessoa ou empresa contra outras pessoas ou empresas sempre se volta contra o próprio malfeitor. Acredito que a maldade volta-se contra o malfeitor não por força e obra de alguma entidade superior ou de algo místico. Pelo contrário. Acho que o próprio malfeitor, ao fazer a maldade, começa a formar uma legião de inimigos, legião esta que um dia, quer vingança.

Estou a fazer esta introdução dramática para falar da famigerada Microsoft e de como esta empresa tem sido atacada por todos os lados, ultimamente.

Esta semana tivemos mais um episódio que começa a selar o futuro do Windows, que já lá não anda grandes coisas.

O episódio foi o lançamento da nova versão do programa de virtualização da empresa VMWare.

Para quem não sabe, este programa faz a virtualização de um sistema operativo dentro de outro e permite, por exemplo, correr Linux dentro do Windows ou Windows dentro do Mac OS X, sem a necessidade de ter de reformatar a máquina.

Até então, essa virtualização ocorria dentro de uma janela, ou seja, um utilizador de Mac, por exemplo, instalava o VMWare, criava uma “máquina virtual”, instalava o Windows (dentro dessa máquina virtual, dentro do Mac) e, de dentro de uma janela, podia correr o Windows e os seus programas no Mac. Entretanto, na nova versão do VMWare, os programas agora podem sair dessa janela e correr, lado a lado, com as aplicações nativas do Mac.

O grande significado de tudo isso é que, a partir dessa nova versão, apesar de ainda precisar de ter o sistema operativo Windows instalado dentro de uma “máquina virtual” no Mac, o utilizador não precisa mais interagir com este programa, já que tem a sensação de estar a correr um aplicativo nativo de Mac. Por outras palavras: o novo VMWare coloca o Windows em plano de fundo e o faz desaparecer, para o utilizador.

Como é óbvio, duas coisas vão acontecer: a primeira é que, ao não ver mais o Windows o utilizador um dia vai chegar à conclusão de que não precisa mais dele e a segunda é que, depois de utilizar o Mac OS X o utilizador de Windows vai perceber o quão ruim o Windows é e nunca mais vai querer correr tal sistema.

Acho que o lançamento dessa versão do VMWare é a penúltima pedra na lápide do Windows. Entretanto, a minha previsão pessoal é de que a última pedra será colocada pela Apple, prrincipalmente, se no novo sistema operativo a ser lançado em outubro deste ano (Mac OS X 10.5 - “Leopard”), vier com a possibilidade de correr programas de Windows, sem a necessidade do Windows - o que é deveras provável, se tomarmos em conta os factos de que o sistema operativo NeXTSTEP, desenvolvido pelo Steve Jobs na época em que esteve fora da Apple, corria DOS sem a necessidade do DOS e que o meso NeXTSTEP foi o alicerce sobre o qual foi construído o actual Mac OS X.

 

 

 

 

Se gostou desse artigo...
::
receba as novidades deste site por e-mail!

 

o seu nome:
a mensagem:
 

 


Dê a sua opinião sobre este artigo

O seu nome

O seu e-mail

Opine sobre este artigo

Por favor copie o texto... BH5M8G na caixa seguinte:

CAPTCHA image

Curso Photoshop CC Curso Photoshop CC para iPad Curso Photoshop CC para iPhone Curso Photoshop CC para iPad Curso Photoshop CC para Mac Curso Photoshop CC para Apple TV

 

Ferramentas

Google PageRank
Conteúdo Duplicado

Categoriais

 ddddddd

Arquivos