cursos photoshop, livros photoshop, tutoriais photoshop, tutoriais flash, tutoriais 3ds max
Tutoriais de Photoshop mais populares...
tutorial Photoshop - bola de basquetebol tutorial Photoshop - faca de churrasco tutorial Photoshop - como fazer cabelo tutorial Photoshop - marcar a ferro quente tutorial Photoshop - como fazer um escudo tutorial Photoshop - como fazer uma lata de refrigerante
19 Março 2008 - por Magno Urbano

por Magno Urbano

O Linux é uma adaptação do Unix criada pelo programador Linus Torvalds para correr no PC e ser uma alternativa ao Windows. O Linux está disponível há décadas. Mesmo assim, porque não consegue atrair utilizadores em massa? Mesmo sendo um sistema de uso livre e poder ser descarregado de graça, porque não consegue popularidade? Porque o Mac OS X da Apple, sendo uma variação do Unix, conseguiu, em pouco tempo, ultrapassar o Linux e hoje ter uma base de utilizadores 10 vezes maior?

A resposta está na falta de objectividade, de clareza e de simplicidade. A primeira questão, certamente, está ligada às inúmeras versões de Linux. Para um sistema que, supostamente, quer ser uma alternativa ao Windows, ter milhões de versões não ajuda muito. Basta vermos a confusão causada pela Microsoft contra ela mesma ao lançar seis diferentes versões do Vista – que consegue ser péssimo em todas elas.

Para mostrar a falta de clareza e de simplicidade cito como exemplo, um episódio recente que aconteceu comigo. Apesar de não ser especialista em Linux, consigo lidar razoavelmente bem neste sistema. Então, precisava de actualizar a versão do PHP de um servidor com sistema operativo CentOS (variação do Linux Fedora/Red Hat), da versão 5.2 para a versão 5.2.5. Aparentemente, tratava-se de uma questão simples: fazia o download da versão nova e corria a sua actualização. Os problemas começaram quando vemos que existem variações na forma de instalação da actualização, conforme o sistema operativo. Então, temos de procurar no Google onde fazer download da versão apropriada do PHP ao CentOS 5 e descobrir como fazer a actualização neste  sistema. A maneira mais "fácil" de fazer isso seria utilizar o programa Yum,  ferramenta que, teoricamente, destina-se a facilitar a instalação de programas em geral. Ao tentar utilizar o Yum, descobro que o sistema não tinha essa ferramenta. Então precisava, primeiramente, descarregar e instalar o Yum para poder instalar o PHP. Novamente, descobro que existem zilhões de maneiras de instalar o Yum, cada qual indicada a um sistema específico. Mais algumas pesquisas no Google e vejo onde e como posso fazer o download da versão do Yum apropriada à máquina onde será instalado. Meia hora depois, finalmente posso correr a instalação do Yum que, então, mostra-me a seguinte mensagem:

Para instalar o Yum é preciso ter no sistema os seguintes programas: libsqlite-2.8.15-1.i386.rpm python-elementtree python-sqlite urlgrabber

Por outras palavras: agora era preciso instalar as bibliotecas do SQLite, o Python ElementTree, o Python SQLite e o URLGrabber, para poder instalar o Yum, para poder instalar o PHP. Obviamente, nenhuma informação acerca de onde estes programas podiam ser encontrados é fornecida e, logicamente, existirão 8 zilhões de versões destes programas para cada uma das versões de Linux.

As grandes perguntas que ficam a responder são: que tipo de amador faz um programa de instalação que não vem  acompanhado de todos os requisitos necessários à própria instalação? Será que haverá a necessidade de desenvolver um programa de instalação para instalar o programa de instalação?

Tendo desistido de utilizar o método do Yum, resolvi que seria mais "fácil" tentar instalar o PHP directamente. Mais um século de pesquisas no Google, encontro e descarrego a versão do PHP necessária. Então, esgotado mentalmente, corro a instalação do PHP que, obviamente, pára 10 segundos depois com uma mensagem de erro a informar que era preciso instalar o compilador de C (gcc). Não é preciso dizer que ao tentar instalar o GCC, foi-me apresentada uma mensagem de erro a indicar que era preciso instalar, antes, oito outros programas e bibliotecas: binutils, cpp, glibc-devel, libc.so.6, libgcc, libgomp, libgomp.so.1 e rtld. Três horas depois de começar e depois de instalar 12 programas, finalmente consegui actualizar o PHP.  Essas e outras trapalhadas e complexidades fazem o Linux ser um sistema confuso e inacessível. É preciso reconhecer, entretanto, que o sistema Ubuntu conseguiu facilitar muitas coisas no Linux, mas esse ainda é, para o simples mortal, um sistema confuso. Do ponto de vista técnico, o Linux e o Unix (dentre eles o Mac OS X) são sistemas insuperáveis e todos os servidores de web que utilizo sempre haverão de correr nestes sistemas. Do ponto de vista do utilizador comum, o Mac OS X é o melhor sistema, pois possui a melhor interface gráfica construída sobre a base sólida do Unix e, por isso, tem conquistado cada vez mais utilizadores. De forma comparativa o Linux seria um camião com 8322 cabinas cada uma a apontar para uma direcção, o Mac OS X seria um Jaguar e o Windows, coitado, um velocípede.

 

 

 

 

Se gostou desse artigo...
::
receba as novidades deste site por e-mail!

 

o seu nome:
a mensagem:
 

 


Dê a sua opinião sobre este artigo

O seu nome

O seu e-mail

Opine sobre este artigo

Por favor copie o texto... Vn4Zlc na caixa seguinte:

CAPTCHA image

6 Opiniões

  1. paulo r silva on Julho 19, 200816:23
    Excelência de texto c/ fluidez de raciocínio, fidelidade à lógica e análise c/ total espírito de isenção... Paulo R Silva
  2. Magno Urbano on Julho 19, 200816:56
    Caro Paulo, agradeço os elogios!
  3. ARO on Outubro 1, 200814:27
    Não é por nada não mais o KDE e muito mais amigável que a interface do MAC
  4. nanana on Outubro 1, 200816:42
    Cara... Possivelmente vc não instalou o pacote completo do CentoOS. Na proxima instalação selecione TODOS os pacotes disponíveis, que provalmente isso não ocorrerá. Pois esses pacotes citados existem como padrão no CentOS é só selecionar os mesmo! Na proxima, não ecomonize em HD e se stress menos! Falowww
  5. Magno Urbano on Outubro 1, 200818:58
    A interface do linux é cópia da interface do Windows. Por isso, não faz sentido dizer que a interface do Linux é melhor do que a do Mac, pois a interface do Windows também teria de ser melhor que a do Mac e nem no maior dos sonhos isso poderia ver a acontecer. A interface do Mac não é perfeira, mas é infinitamente melhor do que qualquer outra no mercado.
  6. Magno Urbano on Outubro 1, 200819:00
    Não se tratra de instalar o pacote completo ou incompleto. Por vezes não temos controlo sobre o que já está ou não está instalado numa máquina. A grande questão, entretanto, é instalar algo que ainda não está instalado e isso, no Linux, é um pesadelo.
Curso Photoshop CC Curso Photoshop CC para iPad Curso Photoshop CC para iPhone Curso Photoshop CC para iPad Curso Photoshop CC para Mac Curso Photoshop CC para Apple TV

 

Ferramentas

Google PageRank
Conteúdo Duplicado

Categoriais

 ddddddd

Arquivos